O que é isto?

Quer saber quando este blog é actualizado?

merda no sapato: Outubro 2006

quinta-feira, outubro 12, 2006

Ser ou não ser?

O mundo não pára de tremer e desta vez não tem nada a ver com tremores de terra, vulcões, ou com a Simara a movimentar-se de casa para o jardim. O presidente da Coreia do Norte, sub-produto da sub-inteligência das políticas internacionais da antiga União Soviética e dos EUA, anda a testar, ameaçadoramente armas nucleares. Foram perceptidas recentemente actividades subterrâneas a comprovar este facto e o Japão e os Estados Unidos já estão a tomar precauções, Bush continuando a ser idiota e a tirar uns dias para pensar no que vai fazer, até a CIA lhe disser o que deve fazer, e o Japão prometendo sanções. Com conflitos em todos os continentes do mundo e com a América a insistir em meter-se em todos os assuntos, pelo menos aqueles que envolvem dinheiro, petróleo e afins, uma terceira guerra mundial não é um cenário improvável. Não há bons da fita, a Rússia vende Urânio sem pensar nas consequências e mata jornalistas que tenham ideologias diferentes das do estado, continuando a bombardear a Tchétchénia. A China é o que toda a gente sabe, mesmo sendo o terceiro país mais rico do mundo as pessoas vivem na autêntica miséria, já os Estados Unidos demonstram um egoísmo tão grande e tão sem precedentes que era capaz de fazer corar de vergonha o próprio senhor das trevas. Vídeos com teorias alternativas daquilo que se passou realmente no 11 de Setembro andam a proliferar na Internet a uma velocidade estonteante. Parece que a noção de mundo de muita gente abalou nos últimos tempos. É teorias conspiratórias para isto, teorias conspiratórias para aquilo. O estranho é verificarmos que a maior parte delas, a maior parte mesmo, fazem todo o sentido e são arrepiantemente factuais. Mais estranho ainda é o facto de as cadeias de Televisão e basicamente todos os outros media compactuarem com uma prática de abafamento, uma abafamento que parece vir desde cima, até às coorporações, que por sua vez usando um processo novo de censura pressionam os media e determinam quase milimétricamente a informação que nos é transmitida. Como sabem, por certo, é a publicidade que molda a programação de conteúdos dos media, e sem publicidade ninguém faz nada. Ninguém faz nada a troco de nada.. Agora que sabemos que o ataque terrorista no 11 de Setembro não passara de um auto-ataque do estado americano promovido pelo gang da família Bush e seus cães raivosos da CIA, com vista a arranjarem um pretexto para atacar, literalmente, o petróleo, e testar o seu armamento, toda a gente parece duvidar de tudo. Ora, que o edíficio 7 nem sequer ardeu, ora que o Pentágono levou com um míssil tele-guiado e não com um Boieng, ora que o outro avião nem sequer caíra. E o engraçado, volto a frisar novamente, é o facto de todas estas teorias fazerem sentido, muito sentido mesmo. Daqui a pouco nem no extermínio de Judeus na Segunda Guerra Mundial nos acreditamos, tal como Ahmadinejad, o presidente do Irão. Parece que já estou a imaginar dentro de uns anitos descobrirmos que as cebolas, na verdade são seres alienígenas que se disfaraçaram de legumes para conquistar o globo, o globo-candeeiro que tenho lá por casa, ou que Tuntakhamon, não passa dos restos de um atepassado do José Cid antes de este ser bonito e antes de ter realizado uma cirugia plástica. Com tantas invenções dos Americanos já nem sabemos no que acreditar.